Desafios da logística farmacêutica: entenda quais são os principais deles

BLOG

HOME / Desafios da logística farmacêutica: entenda quais são os principais deles
Desafios da logística farmacêutica: entenda quais são os principais deles Desafios da logística farmacêutica: entenda quais são os principais deles

Desafios da logística farmacêutica: entenda quais são os principais deles

por Zion Logtec / 27 jul, 2021

Como neste mês, comemoramos o Dia do Propagandista de Laboratório, cuja principal função é de propagar orientação sobre medicamentos com responsabilidade, proporcionando informação de qualidade, vamos
aproveitar para falar sobre os principais desafios, erros da logística farmacêutica e a importância para se destacar do mercado. Confira!

O que é logística farmacêutica

O setor farmacêutico que está crescendo cada vez mais, exige muita atenção, principalmente quando falamos sobre o armazenamento e distribuição de produtos.
Isso porque, gerenciar com eficiência todas as etapas da cadeia da logística farmacêutica, que vão desde o processo de produção ao transporte, é essencial para manter a integridade dos medicamentos até que cheguem às prateleiras das farmácias e assim promover a saúde de maneira eficaz.
De forma resumida, a logística na indústria farmacêutica consiste em uma série de etapas, que englobam: planejamento, implementação e o controle do fluxo de distribuição de medicamentos, bem como dos custos
e das informações.
Além de ser responsável por realizar o armazenamento e transporte desses produtos, deve ser feito com a máxima segurança, evitando qualquer variação que comprometa a eficácia e qualidade do produto.

Quais são os principais desafios da logística na indústria farmacêutica

São várias as exigências que devem ser cumpridas na logísticafarmacêutica, já que são inúmeros os desafios presentes nesse setor.
Dentre os principais, podemos citar:
● Padrões de qualidade controlados e atendimento às licenças e certificados;
● Áreas higienizadas que atendam às normas e aos procedimentos da indústria;
● Áreas segregadas/climatizadas para acondicionamento de produtos com exigência específica;
● Áreas segregadas para os produtos de natureza controlada;
● Sistemas de gerenciamento do armazém e equipamentos para a movimentação desses produtos;
● Veículos com controle e monitoramento da temperatura, erastreamento 24 horas;
● Planos de gerenciamento de risco;
● Integração entre setores;
● Flexibilidade nas entregas;
● Processos automatizados

Saber superar esses desafios, são essenciais para se destacar no setor da logística farmacêutica e a seguir, vamos listar alguns erros comuns que podem ser evitados. Fique atento!

Quais são os erros mais comuns na cadeia logística farmacêutica?

São muitos os erros cometidos na cadeia da logística farmacêutica que podem implicar negativamente na qualidade dos serviços de saúde de maneira geral. Dentre eles, estão:
– Não ter um local exclusivo para guardar os produtos;
– Não monitorar as condições do local de armazenagem;
– Falta de controle no acesso ao local de estocagem de medicamentos;
– Clareza nas regras de uso e padronizações de etiqueta;
– Falta de cuidado no manuseio dos produtos;

Para saber mais sobre o assunto e não cometer esses erros que podem ser evitados, conheça mais sobre nosso sistema de gestão de controle: WMS

Zion, capaz de padronizar a leitura das informações dos medicamentos, otimizando o processo como um todo.

Leia mais:
Otimização de processos e redução de custos logísticos: Agilidade no Picking
A importância da gestão de estoque